terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

A voz do silêncio

 Calada... Eu somente ouço.

Ouço:
 As angústias alheias!
Os amores não correspondidos!
O silêncio das confissões!
Os pedidos de conselhos!
O chamado de uma simples conversa casual!

Calada... Eu somente escuto.

Escuto:
O elogio dirigido a mim.
O agradecimento pela solução do problema.
O silêncio da minha voz.

Calada... Eu somente questiono.

Questiono:
Seria importante ouvir?
Seria construtivo viver como uma psicóloga diariamente?
Seria viável sofrer com o problema alheio?
Seria?


Cansei de ouvir!
Cansei de ser a psicóloga!
Cansei de aconselhar!

Cansei os meus ouvidos com os problemas do mundo. Quem ouvirá os meus?

Calada... Eu grito! O silêncio da minha voz ensurdecerá meus ouvidos...

Não ouvirei tudo!
                Não me contes nada, pois agora sou eu quem vou falar.

(Mara Oliveira)

4 comentários:

Guru do Metal disse...

belo texto!

todos têm problemas, outros poucos, outros com problemas graves, mas a vida é assim mesmo

http://rocknrollpost.blogspot.com/

Rejane Ferreira disse...

Olá Mara!

Adorei seu texto, me identifiquei mto com suas palavras. Parabéns, vc escreve mto bem.
Gostei mto de conhecer o blog e voltarei mais vezes aqui.

Se puder, retribua a visita, vou adorar recebê-la no meu cantinho. http://rejane-ferreira.blogspot.com/

Beijos e mto sucesso! =)

arthurr_oliveira93 disse...

Muito legal seu Blog , meus Parabens ! seguindo já

sucesso!

http://mundoxaloo.blogspot.com

Alex Monteiro disse...

Lindo o texto! Vc soube se expressar de uma maneira profunda e fácil de ser entendida :)
http://cantinhocomtudo.blogspot.com/